» Notícias

Voltar

Cuidados com a pele no verão

Data: 16/04/2014

A Sociedade Brasileira de Dermatologia recomenda filtros solares com fator mínimo de proteção 15 para uso diário nas áreas expostas (rosto, pescoço, área do decote, braços e pernas). Pele no Verão Na praia, utilize filtros solares com FPS (filtro de proteção solar) maiores que 30 em todo o corpo, pois a radiação ultravioleta é freqüente e mais intensa. Para uso diário, FPS maiores que 30 estão indicados para casos especiais (crianças, pessoas com olhos, cabelos claros ou sardas no rosto, história de câncer de pele na família ou tratamento com ácidos). Aplique o protetor solar pelo menos meia hora antes da exposição solar, sobre a pele limpa e seca. Reaplique o protetor solar a cada 2 horas de exposição solar ou após banhos de piscina, exercícios físicos e/ou transpiração excessiva.

Use protetor solar mesmo nos dias nublados, já que a nebulosidade não impede a passagem dos raios ultravioleta. Os protetores solares estão indicados para crianças somente acima de 6 meses. Crianças devem utilizar formulações infantis, pelo menor risco de alergias e sensibilizações. Use boné ou chapéu e óculos de sol para proteger o rosto e os olhos da radiação solar. Use protetor labial com FPS 30, principalmente quando for à praia ou ao clube.

A quantidade de protetor solar a ser reaplicada é meia colher de chá para face e pescoço; em cada ombro e braço e em cada lado do tronco, e uma colher de chá para cada perna e peito do pé. Evite a exposição solar entre 10 e 16 horas. Se estiver sem relógio, observe a sombra. Se ela estiver grande, o sol não está forte; mas se estiver pequena, fuja para a sombra! A água termal pode ser usada para borrifar no rosto para se refrescar, mas não substitui o uso do protetor solar. Beba água frequentemente para evitar a desidratação. O uso de creme com ácidos deve ser interrompido alguns dias antes e depois da exposição solar para evitar queimaduras e maior sensibilidade da pele. Evite permanecer muito tempo com biquinis e calções de banho molhados, pois propiciam a ocorrência de micoses. As camisetas molhadas aumentam a passagem dos raios solares, com maior risco de queimaduras. Os efeitos do sol são cumulativos; isto é, os prejuízos da exposição excessiva à radiação solar começam na infância e perpetuam-se até a vida adulta! E lembre-se: consulte um dermatologista regularmente!

Mais Notícias