» Notícias

Voltar

Cuidados com a pele no inverno

Data: 16/04/2014

O inverno é a estação do ano que mais traz problemas para a pele, devido aos banhos mais demorados e ao uso excessivo de roupas, mas também é a melhor época do ano para investir em tratamentos estéticos como lasers e peelings. O clima frio predispõe a alguns problemas de pele como ressecamento, coceira, foliculites, psoríase, dermatites e urticárias. Um dos sinais mais precoces do ressecamento da pele é a descamação e a presença de lesões esbranquiçadas ou avermelhadas no rosto e no corpo. Em pessoas alérgicas, o ressecamento pode ser ainda maior e medicações específicas podem ser necessárias nesses casos.

Já para os tratamentos estéticos, o inverno é considerado por muitos a melhor estação do ano. Com a menor incidência de dias ensolarados, peelings e lasers passam a ser os tratamentos mais procurados nos consultórios do dermatologista.
Atualmente, com a crescente busca por procedimentos estéticos que demandem menor tempo de recuperação, tratamentos muito agressivos como peelings médios e profundos e lasers ablativos ficaram um pouco de lado.

Os tratamentos a laser que mais se destacam nessa época são: depilação, luz intensa pulsada - para rejuvenescimento e tratamento de vasinhos e manchinhas solares, e o laser fracionado não ablativo - para melhora da textura da pele, tratamento de cicatrizes de acne, pós-cirúrgicas e estrias.
Os tratamentos evoluíram tanto que hoje já é possível realizar uma sessão de peeling de cristal ou de laser fracionado não ablativo no mesmo dia de um evento. Para esses tratamentos, é necessário de 3 a 5 sessões em cada área, dependendo do problema a ser tratado.

Aí vão algumas dicas:

- evite banhos demorados e muito quentes. Opte por banhos mornos e rápidos.
- evite buchas vegetais e esponjas, se preferir utilize-as somente nas axilas e nos pés
- aplique óleos de banho durante o banho eou hidratantes logo após o banho - hoje sabe-se que a penetração de cremes aplicados até 3 minutos depois de sair do banho é maior.
- evite uso excessivo de jeans e meias-calças, a fim de prevenir foliculites nas virilhas e no bumbum
- evite sabonetes esfoliantes, antissépticos ou muito abrasivos. Prefira os neutros a base de glicerina.
- não se esqueça do filtro solar, pois além de proteger a pele dos raios UV invisíveis, ainda hidrata e repõe a barreira protetora cutânea. O mesmo vale para as crianças, que tendem a sofrer mais nessa estação do ano.
- aproveite para utilizar à noite cremes a base de ácidos
- no consultório médico, invista em peelings superficiais de cristal associados a ácidos clareadores e tratamentos a laser, mas sempre na presença de um dermatologista!

Mais Notícias