» Dicas

Voltar

Eczema

Eczemas ou dermatites são caracterizados por lesões esbranquiçadas ou avermelhadas descamativas, muitas vezes acompanhadas de coceira. Existem diversos tipos de eczemas e portanto, diversas causas. O eczema atópico ocorre mais frequentemente em crianças com algum sintoma alérgico (rinite, bronquite ou sinusite). A criança se queixa de coceira principalmente nas dobras nos braços e das pernas e é possível notar o ressecamento da pele. O eczema atópico pode se manifestar de outras formas menos usuais e apesar de não ter cura, geralmente melhora com a idade. Orientações quanto ao banho, à hidratação e aos cremes corretos são muito importantes.

O eczema de contato ocorre pelo contato com algumas substâncias químicas. Existem substâncias que são mais propensas a causar alergia como ácidos e bases fortes, enquanto outras dependem de predisposição individual, no caso de esmaltes, borracha, tintas, perfumes e corantes. Ao contrário do que muitos pensam, tais alergias na pele não aparecem em exames de sangue, sendo algumas vezes indicada a realização de teste de contato / patch-test (conjunto de diversas substâncias que são aplicadas na pele) para descobrir as substâncias envolvidas. É importante que o paciente se mantenha afastado da substância responsável para controlar o quadro alérgico.

Já o eczema de estase ocorre nas pernas de pessoas com varizes exuberantes e nestes casos, o acompanhamento vascular conjunto se faz necessário. Disidrose ou eczema disidrótico é bastante comum e aparece como pequenas bolhas de água nas mãos e nos pés, acompanhadas muitas vezes de coceira e infecção secundária, deixando a lesão avermelhada. A disidrose apresenta diversas causas (alergia, micose, transpiração excessiva e outras). Alguns casos não apresentam cura, apenas fases de melhora e piora. Outras formas incluem eczema da pele seca, por causas infecciosas e outros. O tratamento dos eczemas deve ser precoce e específico para evitar a progressão e a cronicidade das lesões.

Dicas:
- Evite banhos quentes e demorados, bem como o uso de buchas ou esponjas, pois eles retiram a proteção natural da pele.
- Evite sabonetes muito abrasivos, prefira os neutros e glicerinados.
- Caso sinta a pele muito ressecada, utilize óleos de banho e cremes hidratantes logo após o banho, principalmente no inverno.