» Dicas

Voltar

Câncer de Pele

O câncer de pele tem se tornado cada vez mais freqüente, sendo o câncer mais comum em ambos os sexos, correspondendo a 25% do total. Basicamente se apresenta de 3 formas: carcinoma basocelular, carcinoma espinocelular e melanoma. O carcinoma basocelular é o tipo mais comum, podendo acometer qualquer região exposta à luz solar. Geralmente acomete pessoas claras de meia-idade, com história de exposição solar freqüente e acumulada ao longo da vida. Na maior parte dos casos, a lesão cresce lentamente, passando desapercebida como uma ferida às vezes escurecida e que não cicatriza. Como quase sempre apresenta comportamento benigno, a sua retirada precoce cura o paciente.

O carcinoma espinocelular apresenta além da influência solar, outros fatores desencadeantes como agentes cancerígenos, doenças debilitantes, transplantes, infecções por HPV, áreas de cicatrizes antigas, entre outros. Este tipo de câncer geralmente se inicia sobre lesão avermelhada que cresce e se torna espessa. Se diagnosticado precocemente, a retirada do tumor pode ser curativa, apesar do seu potencial de agressividade ser maior que o anterior.

O terceiro tipo é o melanoma, o mais agressivo deles. Acomete mais jovens de 20 a 45 anos e pode aparecer em áreas não expostas ao sol e/ou sobre pintas escuras pré-existentes. Para este tumor, não existe relação direta com a radiação solar, embora muito se acredite que o sol possa desencadeá-lo. Comumente, os pacientes referem história de exposições solares ocasionais, intensas, com queimaduras e bolhas. Ocorre mais em pessoas de pele clara, mas também pode acometer negros (em áreas não expostas, mãos e pés). O melanoma tem caráter genético e por isso é necessário acompanhar outros familiares. Se diagnosticado precocemente, o paciente apresentará grande chance de cura, apesar de ter que ser acompanhado pelo resto da vida devido ao risco de surgimento de outras lesões.

Como suspeitar do câncer de pele?
- Ferida que não cicatriza,
- Lesão endurecida, brilhante ou avermelhada,
- Lesões que coçam ou sangram,
- Pintas, sinais e verrugas que crescem ou mudam de cor,
- Pintas irregulares e/ou com mais de duas cores.
Nos homens, o câncer de pele costuma ocorrer principalmente no rosto, no pescoço e nas costas e nas mulheres, nos braços e nas pernas.